UMA HISTÓRIA FELIZ

Tudo começou em 1934, quando dois portugueses, Manuel Bastos e Felicidade da Conceição, desembarcaram no Brasil  no porto de Santos, ainda meninos, Manuel tinha seus 12 anos e Felicidade 9 anos, em navios diferentes, mas com muita coisa em comum, construir um futuro, uma família, uma vida. Como todo imigrante seu objetivo era vencer, e o trabalho o caminho, vieram com poucas condições mas com muita disposição.

Casaram-se em 1945 em uma época que a 2ºguerra mundial fazia parte do cotidiano. Em 1946 com a guerra já findada, Sr.Manuel comprou junto com alguns sócios um pequeno bar no Brás, mas como ele mesmo dizia :"quando a sociedade termina uma parte sai com o dinheiro e a outra com a experiência", pois foi assim que ele saiu, com a tal experiência, e a vida continuou, simples, honesta de dura, com o passar dos anos a família aumentou, um, dois, três, um total de  "cinco filhos maravilhosos" como diz D.Felicidade, e o Sr.Manuel continuou no ramo, nos anos 50, 60, 70, quando ele adquiriu uma mercearia na região da pompéia, sempre muito caprichoso não tinha ninguém que não conhecia o Sr.manuel no bairro, seus petiscos a sua simpatia era um marketing que na época era uma palavra rara.

A pequena mercearia era de esquina, encima um pequeno prédio sem elevador, no 1ºandar morava a família Bastos, e que nas horas em que Dona Felicidade cumpria todas as tarefas do lar, ainda sobrava disposição para dar uma "mãozinha" ao marido e essa "mãozinha" era muito talentosa tanto quanto a do Sr.Manuel. Na época a mercearia como todas, não servia refeições, apenas uma pequena copa,para os petiscos e a cerveja sempre muito bem gelada, mas na hora do almoço a Dona Felicidade fazia questão do Sr.Manuel almoçar, como moravam no "prédinho" em cima da mercearia, era fácil, apenas alguns lances de escada e pronto !!  o almoço estava servido, nos dias de maior movimento ela trazia o almoço para o marido na própria mercearia, foi ai o começo de uma era, os clientes e amigos perguntavam ao Sr.Manuel a possibilidade de fazer um "pratinho" para eles também, no princípio foi encarado como uma brincadeira, mas essa brincadeira foi tomando forma e então, cansada de subir e descer as escadas,Dona Felicidade disse ao marido :

 - "MANÉ, ACHO MELHOR DESCER O FOGÃO "

Foi assim que a mercearia dos anos 70 se transformou em uma lanchonete, que nos anos 80 se transformou em um famoso bar na Avenida Pompéia ( Pé Prafora ), em que servia uma comida caseira de qualidade feita pelas mãos de Dona Felicidade e Sr.Manuel, vinha gente de todo canto da cidade, entre eles muita gente famosa começou a aparecer por lá para cometer o pecado da gula sem culpa.

Vieram os anos 90, com eles veio a falta de nosso pai, Dona Felicidade sempre muito firme, continuou com os filhos Toninho e Sérginho, o legado que Sr.Manuel deixou. Mudaram de lugar foram para Vila Romana, aquela pequena mercearia se transformou em um grande restaurante, o DONA FELICIDADE BAR & REST.

Hoje Felicidade Bastos com seus 92 anos de pura energia comanda junto com seus filhos o DONA FELICIDADE, da mesma forma que sempre fez com o Sr.Manuel na época da mercearia, trabalha todos os dias, com muito amor, prazer e felicidade.

SEJA BEM VINDO ! 

2016 - Criação e Elaboração Dona Felicidade